Comic Con Experience Brasil – O que aconteceu?

Em 2014 fizemos uma cobertura da primeira CCXP aqui no Brasil que foi simplesmente sensacional, confiram aqui. Como citamos lá, a Comic Con foi:

Um pequeno passo para um homem, um grande salto para o país.

Até então não sabíamos se haveria uma outra esse ano, mas nossas preces foram atendidas e o evento foi ainda mais surpreendente. Esse ano além dos realizadores do evento do ano passado (site de conteúdo Omelete e a agência de artistas Chiaroscuro Studios), o evento contou com a participação da distribuidora de colecionáveis Piziitoys. Essa é uma das razões de termos tantos colecionáveis exclusivos e preços tão atraentes para os fãs. A feira rolou nos dias 03, 04, 05 e 06 de dezembro das 08h às 22h no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center.

A acessibilidade do evento continuou ótima, transporte gratuito até o evento saindo da estação Jabaquara, boa sinalização, rápido atendimento e etc. Novamente a infraestrutura não deixou nada a desejar e obviamente a lista de convidados foi épica. Confiram alguns dos convidados desse ano:

Frank Miller (Criador dos HQs de Batman), Anna Popplewell (Atriz de As Crônicas de Nárnia), Evangeline Lilly (Atriz de Lost, O Hobbit), David Tennant (Killgrave – Jessica Jones), John Rhys-Davies (Lendário Gimli de Senhor dos Anéis), a maravilhosa Krysten Ritter (Jessica Jones), Misha Collins (Supernatural), Steve Cardenas (O Power Ranger vermelho clássico), Affonso Solano (Youtuber, Escritor), Lady Lemon (Cosplayer), Mauricio de Sousa (Turma da Mônica), Timothy Zahn (escritor do UE de Star Wars), quase todo cast de Sense8 e muitos outros.

Simplesmente épico, não é mesmo?

Para aqueles que curtem tirar selfies, pedir autógrafos e demonstrar sua paixão por seus heróis o evento ainda contava com o sistema de “ingressos” para ter alguns minutos a sós com eles e fazer tudo isso. Os ilustradores continuaram com seu cantinho especial chamado Artists’ Alley e me pareceu bem maior nesse ano.

Os stands não ficaram para trás, diversas atrações diferentes, tais como a possibilidade de participar de uma partida de Laser Tag em um time 4 x 4 no stand do Halo, tentar encontrar a Dori em uma piscina gigante de bolinhas para ganhar 2 ingressos pro filme, virar a Harley Quinn e muitas outras.

Para os apaixonados por livros, contamos com a presença de diversas editoras e livros com preços excelentes. Era possível comprar livros de Diablo, Star Wars, Warcraft e outros por apenas 25 reais. Sim, minha gerente do banco me ligou e perguntou se tava tudo bem!

Além disso tudo, houveram os maravilhoso painéis que ocorriam nos auditórios do Cinemark e no principal  que traziam conversas com famosos, por exemplo o bate papo com Frank Miller, Jessica Jones e o cast de Ridiculous 6 (Adam Sandler, Taylor Lautner, Terry Crews (Pai do Chris), Steve Buscemi, Danny Trejo, Rob Schneider), videos e noticias exclusivas e ainda mais impressionante a oportunidade de assistir a pré estreia de Creed (“continuação” da saga de Rocky).

Não podemos nós esquecer do campeonato de Cosplay e os lindos Cosplayers. O evento foi bem atencioso com os mesmos, proporcionando um camarim especifico, bastante atenção e suporte. Houveram até alguns incidentes de desrespeito onde os organizadores agiram com rapidez e louvor em resolver a situação. Parabéns Omelete pelo profissionalismo! Confiram aqui um dos piores ocorridos.

Como a # já dizia, Foi Épico, completo e extremamente divertido. Com tudo que se pode esperar do maravilhoso mundo Geek. Quem teve a oportunidade de ir sentiu a mesma coisa. Para aqueles que não puderam, fiquem tranquilos que ano que vem tem mais e se manterem a tradição talvez seja ainda melhor!

Confiram algumas fotos do evento:

Iae, o que acharam? Vão ano que vem também?

Confiram também esse lindo vídeo feito por animaff mostrando novamente de uma forma épica a maioria dos cosplayers na feira:

Show, não é mesmo?

Total Views: 5343 ,
Não deixe de nos seguir e curtir!
0

4 comentários sobre “Comic Con Experience Brasil – O que aconteceu?

  1. Mais um ano da grande celebração a futilidade humana, pessoas fantasiadas(para não chatear as crianças vamos chamar de cosplay), peças inúteis, literatura de gênero questionável, mais objetos inúteis que não servem nem de peso de papel, e pseudo atores que aceitam ir a esses eventos para não cair no ostracismo, pessoas iludidas que pagam para ir a um lugar onde são tão bem tratadas como num mercado, Compare esse evento sem vergonha realizado no Brasil com qualquer edição em outra parte do mundo, tem as mesmas porcarias com a diferença de que não é feito com as sobras… Plástico, papel, tecido, borracha, metal, são apenas objetos… Mas se você fizer estátuas, livros questionáves, quadrinhos e camisas, então você pode vender a pessoas idiotas com dinheiro…A única coisa boa nesse evento é para quem lucra com isso iludindo as pessoas, e antes que alguém venha falar qualquer merda, venha até meu escritório em San Diego falar pessoalmente…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *